NSX SD-WAN by Velocloud

A Transformação Digital mudou a forma como trabalhamos, como nos relacionamos com outras pessoas, como consumimos produtos, serviços e enfim, mudou a forma como vivemos. As aplicações que consumimos atualmente não ficam restritas somente ao Data-Center local, elas ultrapassaram as barreiras da nossa sala segura e podem estar hospedadas em qualquer lugar do planeta em alguma Nuvem Pública. Assim como nós consumimos as aplicações de qualquer lugar, muitas empresas e entidades que possuem localidades remotas como escritórios, agências e comarcas por exemplo, também dependem da disponibilidade dessas aplicações e serviços.

Esse cenário de processamento distribuído e descentralizado trouxe um grande desafio para muitas empresas e entidades que, agora precisam garantir não só a disponibilidade das suas aplicações críticas, serviços de voz e de vídeo, mas também garantir a conformidade da política de segurança e confidencialidade dos dados trafegados pela internet. É importante salientar que, os valores elevados de circuitos MPLS e suas restrições de disponibilidade andam na contramão da necessidade da grande maioria das empresas de crescer reduzindo os custos além de não permitir a conexão direta com os serviços hospedados na nuvem.

Assim surgiu a necessidade de uma nova tecnologia, de uma nova abordagem para a conexão das localidades remotas, que de forma simples e eficiente garanta a disponibilidade das aplicações críticas para o negócio, como e-mail, office suíte, ERPs, CRMs, Comunicações Unificas (Voz e Vídeo), compartilhamento de arquivos, sistemas de vendas, emissão de NFs, sistemas de consulta e inúmeras outras que podem estar hospedadas no Data Center físico ou na nuvem pública e são essenciais para o bom funcionamento daquela localidade remota. E dessa necessidade surgiu a tecnologia SD-WAN (Software Defined – Wide Area Network).

Uma solução SD-WAN exige que o gerenciamento de todo parque seja realizado de forma unificada e que a instalação dos equipamentos remotos seja do tipo “plug and play”. Nesse ponto vale a pena conferir o livro “SD-WAN for Dummies”, disponível gratuitamente através desse link.

No caso da VeloCloud, empresa líder no segmento SD-WAN, o gerenciamento unificado é realizado pelo VeloCloud Orchestrator ou VCO, e os equipamentos remotos com instalação “plug and play” são chamados de VeloCloud Edges ou VCE.

Além desses requisitos básicos, a VeloCloud, tem como grande diferencial de sua solução o protocolo DMPO (Dynamic Multi-Path Optization), que garante qualidade e alta disponibilidade dos serviços e aplicações nas localidades remotas. Esse protocolo realiza o controle de tráfego entre os links existentes através do monitoramento e balanceamento da comunicação por “pacote” e não por “fluxo” como em outras soluções. Esse diferencial garante uma boa comunicação mesmo em localidades que possuem links degradados ou com a disponibilidade de apenas um link.

Um outro diferencial da solução é a conexão direta das localidades remotas com os serviços hospedados na nuvem, esse grande benefício é entregue através do componente VeloCloud Gateway hospedado diretamente na nuvem. Com o VeloCloud Gateway podemos melhorar o consumo das aplicações SaaS hospedadas nas nuvens públicas além de garantir a conformidade das políticas de segurança necessárias.

No layout abaixo podemos ter uma visão geral de uma arquitetura SD-WAN VeloCloud:

Junto com esse post, temos uma série de 5 vídeos gravados pelo Caio Oliveira onde ele explora a plataforma VeloCloud de forma completa:

A VeloCloud, foi recentemente adquirida pela VMware, e deu origem a plataforma “NSX SD-WAN by Velocloud”, assim os benefícios já existentes na plataforma NSX de gerenciamento simplificado, conformidade das políticas de segurança e disponibilidade das aplicações vão ser estendidos para fora do Data Center, entregando esses benefícios também nas nuvens e nas pontas.

Escrito por David Santos Engenheiro de Sistemas Senior NSX davidsantos@vmware.com @dfgpsantos